sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

PARA REFLETIR

                       
     CAMINHAR SEMPRE

 O caminho é longo. É preciso chegar até o fim.
O caminho é pedregoso. É preciso ter coragem, correr risco, enfrentar o perigo e ser constante. 

O caminho não está feito. É preciso construí-lo todos os dias, arrancando espinhos para seguir a noite.
As vezes faz frio, e sopra vento forte. É preciso abrigo...
As vezes o caminho é solitário. É preciso amigo.
As vezes o sol queima, a sede devora. É preciso sombra, fonte de água límpida.
O caminho, por vezes parece desaparecer. É preciso esperança sem limites, esperança firme.
A certeza de que Alguém falou e sua palavra não falha.
A certeza de que não estamos sós nesta jornada, mas somos um povo a caminho da salvação, rumo ao mesmo fim, em que a promessa se cumprirá para sempre, onde não haverá nem chuva, nem frio, nem trevas.
Tu que andas por este caminho, percorre-o até o Fim.
Constrói esse caminho dia a dia. Não importa que haja quedas.
Importa sempre recomeçar. Confiar sempre no Grande Amigo.
Seguir sempre em frente como peregrino e como povo, caminhando e crescendo na mesma fé, alimentado pela mesma esperança, em busca da plena comunhão.
Caminhar sempre de mãos unidas com a mesma coragem e mensagem.
Somos um povo a caminho da salvação. Um povo caminhando com Deus.




“Ele é o caminho da caminhada,
Ele é a verdade de Deus, da humanidade,
Ele é a vida que vence toda morte”.

      (D. Pedro Casaldaliga)           





Nenhum comentário:

Postar um comentário