sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Nossa Senhora das Vitórias





Neste domingo, 18 de agosto, solenidade da assunção de Maria, nossa congregação celebra a Senhora das Vitórias, nossa Mãe e padroeira. 

Existem varias hipóteses para o surgimento deste título. Uma delas é a de que teria surgido da vitória das armadas cristãs sobre os sarracenos, que estavam para invadir a Europa, passando pela baía de Lepanto, perto de Chipre. Os cristãos, em número muito inferior aos turcos, desbarataram as naus sarracenas que desistiram definitivamente de dominar a Europa.

Quando nosso fundador, Pe. Baleeiro, escolheu este título não pensou tanto no aspecto histórico do surgimento desta devoção. A vitória que queremos alcançar, pela maternal intercessão de Nossa Senhora, é a de perseverar até o fim no ideal de seguimento radical de Cristo. Este título significa para nós a grande vitória que a Virgem Santíssima nos quer conquistar na perseverança em nossa vocação consagrada, nos ideais de seguimento e serviço a Cristo Sacerdote e a sua Igreja.

     CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA DAS VITÓRIAS

Ó Nossa Senhora das Vitórias, Mãe de Deus e Nossa, Vencedora de todo o mal, desde a vossa Imaculada Conceição, vinde em nosso auxílio. Rodeados de males de todo o gênero, consagramo-nos inteiramente a vós, para todo o sempre, na certeza de que em vosso Coração Imaculado encontraremos o maternal refúgio e a vitória certa para vencer todos os nossos inimigos espirituais e temporais, presentes e futuros. Ó Virgem e Imaculada Mãe, alcançai-nos a graça de vencer definitivamente a desordem de nossas paixões, a sedução do mundo e a perfídia de satanás. Queremos ser para sempre Oblatos vossos e do vosso Divino Filho, Jesus Cristo Sacerdote! Aceitai-nos com todas as nossas fraquezas e misérias e com todo o bem que, por vós auxiliados, pudermos fazer, tudo oferecendo, por vosso intermédio, a Jesus Cristo Sacerdote, para a glória de Deus Pai, no amor do Espírito Santo, pela santificação dos Sacerdotes e Bispos. Amém.