quinta-feira, 17 de abril de 2014

Oração Sacerdotal

Jesus, na Última Ceia, abrindo o Seu Coração Sacerdotal, reza pelos Apóstolos, pelos Sucessores dos Apóstolos e por todos os Seus discípulos. Rezemos com Ele:

Pai, é chegada a hora, glorifica teu filho, para que teu filho glorifique a ti e dê a vida eterna àqueles que lhe entregaste.

Eu te glorificarei sobre a terra, terminando a obra que me deste para fazer.
Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus e me deste e eles guardaram a tua palavra.

Por eles é que eu rogo; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, a fim de que sejam um como nós.

Agora vou para junto de ti.
Dirijo-te esta oração enquanto estou no mundo, para que eles tenham a plenitude de minha alegria. Não peço que os tires do mundo, mas que os preserves do mal.

Santifica-os na verdade. A tua palavra é a verdade.
Como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.
Santifico-me por eles, para que também eles sejam santificados na verdade.
Não rogo somente por eles, mas também por todos aqueles, que por sua palavra hão de crer em mim.

Que todos sejam um, assim como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, para que também eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste.
Dei-lhes a glória que me deste, para que sejam perfeitamente unidos, e o mundo reconheça que me enviaste e os amaste, como amaste a mim.

Pai, quero que, onde eu estiver, estejam comigo aqueles que me deste, para que contemplem a minha glória, aquela glória que me deste, porque me amaste antes da criação do mundo.

Manifestei-lhes o teu nome e ainda hei de lho manifestar, para que o amor que tens por mim esteja neles, e para que eu mesmo esteja neles.