quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Vocação Dom da Misericórdia Divina - Mês Vocacional 2016

Neste Mês de agosto a Igreja nos convida a tratarmos de um modo especial do tema da vocação, chamado de Deus feito a todo ser humano. O mês vocacional deste ano tem como tema: “Vocação dom da Misericórdia Divina”. O lema nos recorda que todos devemos somos chamados a nos tronarmos “Misericordiosos como o Pai”.


Quando falamos do mês vocacional, logo vem a nossa mente a pergunta: o que é vocação? Será que eu tenho vocação? Muitas pessoas pensam que somente os religiosos (as) e ministros ordenados possuem vocação. Mas isto não é verdade. Vocação é uma palavra derivada do latim vocare, que significa, chamado, chamamento. Podemos então dizer que vocação é antes de tudo chamado de Deus feito a todo ser humano.

Pelo batismo somos chamados a viver a santidade na dinâmica do discipulado, configurando-nos a Cristo. É importante lembrar que a santidade não é privilégio de uns poucos que estão nos altares. É um chamado universal, feito a todas as pessoas. Viver a vida de santidade não significa fazer milagres extraordinários, flutuar, bilocar, prever acontecimentos ou coisas do tipo. A verdadeira santidade consiste em seguir a Cristo, aderindo à proposta do Reinado de Deus. Significa viver não somente em função de si mesmo, mas em espírito de doação aos outros, viver o amor ao próximo, a partilha, a justiça, a fraternidade, o perdão.

Além da vocação universal à santidade, podemos também falar das chamadas vocações específicas: vocação laical (casado ou não), Religiosa e Ministerial (diáconos, padres, bispos). As vocações específicas são meios através dos quais respondemos ao chamado universal à santidade. Ou seja, podemos viver a santidade nos diversos estados de vida, como leigos, religiosos ou como ministros ordenados.

Para podermos descobrir qual nossa vocação devemos antes de tudo rezar, pedir a Deus o discernimento e também procurar conhecer a nós mesmos, nossos gostos, valores e aptidões. Somete quem se conhece é capaz de dar uma resposta madura ao chamado de Deus.

Pedimos a todos que rezem ao Senhor da messe que suscite na nossa Igreja santas e perseverantes vocações, tanto para a vida religiosa e ministerial, como também para a vida laical.
           

Diac. Alexandre Francisco da Costa, ocs

Nenhum comentário:

Postar um comentário